A EMPRESA2018-05-21T16:06:03+00:00

Entre a ciência e forma artesanal

A história da família Dallagiovanna é ligada à da farinha italiana, no longínquo ano de 1832, quando, com uma atividade de moagem de cereais, a família se tornou porta-voz do novo espírito industrial que há dois séculos animava a Europa, e que pela primeira vez unia a ciência ao trabalho artesanal. Através dos anos, o conhecimento foi levado adiante pelos descendentes da família, com espírito empreendedor com a preocupação de manter as tradições.

Hoje, o Moinho Dallagiovanna produz mais de 50 tipos de farinha, aprovadas pelas principais entidades italianas e europeias, trabalhadas com as melhores tecnologias de cada época: métodos antigos de lavagem do grão, e também recursos modernos, como a máquina de moagem controlada por um centro computadorizado que permite otimizar as fases de produção manter intactas as características naturais do produto.

Entre a ciência e forma artesanal

A história da família Dallagiovanna é ligada à da farinha italiana, no longínquo ano de 1832, quando, com uma atividade de moagem de cereais, a família se tornou porta-voz do novo espírito industrial que há dois séculos animava a Europa, e que pela primeira vez unia a ciência ao trabalho artesanal. Através dos anos, o conhecimento foi levado adiante pelos descendentes da família, com espírito empreendedor com a preocupação de manter as tradições.

Hoje, o Moinho Dallagiovanna produz mais de 50 tipos de farinha, aprovadas pelas principais entidades italianas e europeias, trabalhadas com as melhores tecnologias de cada época: métodos antigos de lavagem do grão, e também recursos modernos, como a máquina de moagem controlada por um centro computadorizado que permite otimizar as fases de produção manter intactas as características naturais do produto.